Fevereiro 28 2008
Image Hosting by Picoodle.com
publicado por grandesofa às 20:58

Fevereiro 24 2008

 Serve o presente comunicado para anunciar a fãs, família, amigos e público em geral a minha entrada e permanência em território brasileiro no dia 20 de Fevereiro de 2008 no ano e na graça de Jesus Cristo. lol O voo de Lisboa-Recife atrasou-se uma hora devido ao mau tempo que se fazia sentir em Lisboa. A Viagem durou oito horas, é um pouco cansativa. Ainda em Lisboa quero deixar um agradecimento muito especial a D. Maria de Lourdes Fonseca e ao Sr. Eduardo que foram incansáveis em me ajudar em tudo, para que tudo isto fosse possível e corresse pelo melhor. Fizeram o possível e o impensável como ir ao aeroporto me colocar e me ajudar em tudo o que eu precisei.

A chegada a recife logo no aeroporto já ninguém aguenta mais o calor e o “bafo” quente que se faz sentir. Fui o ultimo a sair do aeroporto devido a mercadoria que transportava e ao medo deles ou burocracia que se faz cá na alfandega. O que vale é que são sempre gentis ao falar e tratam tudo com o maior dos respeitos. Eu tive que declarar logo o que levava e logo ai já se alarmaram e me puseram de parte. Chamaram um delegado para inspeccionar, ele foi consultar a legislação, e abriram a caixa só por cima para confirmar. As malas nem passaram no raio X nem a caixa. lol

Henrique filho da Dra. Rosa Arcúri esperou por mim incansavelmente no aeroporto. Se não fosse ele não sei o que seria de mim. Tem sido a pessoa que me tem ajudado e que me apresentou a cidade logo a chegada. Tudo foi estranho e assustador para mim no primeiro dia e no escuro. Fiquei assustado com o facto dos vidros dos carros cá serem todos pretos lol Fomos ter com Filipe irmão de Henrique e depois com a Dra. Rosa e no final da noite fomos jantar os três. Esta gente tem sido incansável comigo com tanta hospitalidade e boa vontade. È bom ter com quem poder contar. Tenho andado com Henrique as compras, almoçar e a procura de lugar para morar.

O que mais gosto cá… da simplicidade das pessoas, das ruas movimentadas, da energia positiva das pessoas. È uma cultura diferente e muito distinta da de Portugal, um fuso horário diferente, uma língua diferente, dinheiro diferente, alimentação diferente, produtos no mercado diferentes… 4h30 da manhã cá já é de dia. O dia começa muito cedo mesmo, dá tempo para despertar bem e fazer a vida nas calmas e com energia. A manha cá rende muito. Tudo o que é lugar encontra-se pessoas a vender seja o que for e a preparar comida, água de coco, bebidas, tantas fotocopiadoras (sherox) em lugares mais inimagináveis. A universidade é uma cidade, é enorme mesmo, só se faz o percurso mesmo lá dentro de autocarros. O ambiente académico cá e o espírito das pessoas acho uma coisa tão tranquila, parece que se está num colégio. Faz me lembrar o Liceu no Funchal, só que em dimensões muito maiores e com espaços e jardins enormes. As pessoas vão para a faculdade de calções, tshirt e chinelos. È muito calor.

As casas não têm tapassois e muitas delas também nem janelas. Apenas redes e ferros. Escrevo este texto agora porque não consigo dormir com tanto calor que faz cá. É impossível estar no quarto sem ventilador.

Existe também muita pobreza cá. Brasil é um Pais pobre, a moeda tem desvalorização, por isso que existe muito assalto porque as pessoas querem dinheiro. No entanto não é por isso que o brasileiro deixa de ser um povo alegre, lutador, e bonito, cuidam muito o físico. Em plena praia da boa viagem ao longo da marginal só se vê as pessoas a praticarem desporto, ate aparelhos de ginástica estão montados na avenida, vê se pessoas a pegarem pesos de ginásio a beira-mar e no caminho.

Pior são os mosquitos que têm cá e que mordem grrrrrrrrr lol

Já estive num albergue universitário e agora estou numa casa de estudantes que é um lugar muito bom. A alimentação cá, como já era sabido é muito acessível e barata e come-se mesmo muito bem cá.

“Nada do que é humano é estranho a mim”
 
“Somos quem podemos ser”

 

um Abraço do Brasil

 

Maurício Quintal

publicado por grandesofa às 07:09

Fevereiro 23 2008

 

 

Nada lhe posso dar que jà nao existe em voce mesmo. Nao posso abrir.lhe outro mundo de imagens, alèm daquele que hà em sua pròpria alma. Nada lhe posso dar a nao ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visivel o seu pròprio mundo, e isso è tudo.

Hernamn

 

in Psicologia Recife

publicado por grandesofa às 10:01
Tags:

Fevereiro 15 2008

 

"O que fica das pessoas é a capacidade que tiveram de marcar positivamente a vida dos outros, de os contagiar da vontade de viver, de os tornar optimistas, capazes de tirar partido de tudo. "
 
 
 

"A Felicidade existe não fora de nós, onde geralmente a procuramos, mas dentro de nós, onde raramente a encontramos".

" A dor educa mais do que o prazer, porque revolta, e na revolta se inspiram as bênçãos e os  pecados, conforme a índole de cada um.
Revoltar-se faz parte dum princípio nobre que é esperar melhor de nós e dos outros.
Mas, primeiro é de nós que esperamos; os outros vêm depois, o primeiro inimigo somos nós próprios.
Tratar com esse inimigo que somos nós para nós mesmos, é tarefa difícil.
Esperar de nós próprios é graça que nos devemos e é autoridade superior que permite mudar e entender.
Quanta satisfação nos traz o sermos mestres de nós mesmos e disciplinarmos o corpo para bem da razão.
Por isso, eu amo hoje mais os terríveis, do que os agradáveis.
Ficaram mais perto do coração, quando os bondosos estavam no limiar da sedução."
 

In o livro "Finca-te na Vida"

 
publicado por grandesofa às 22:57

Fevereiro 14 2008

 

O amor fino não busca causa nem fruto. Se amo, porque me amam, tem o amor causa; se amo, para que me amem, tem fruto: e amor fino não há-de ter porquê nem para quê. Se amo, porque me amam, é obrigação, faço o que devo: se amo, para que me amem, é negociação, busco o que desejo. Pois como há-de amar o amor para ser fino? Amo, quia amo; amo, ut amem: amo, porque amo, e amo para amar. Quem ama porque o amam é agradecido. quem ama, para que o amem, é interesseiro: quem ama, não porque o amam, nem para que o amem, só esse é fino.

Padre António Vieira, in "Sermões"

 

Obrigado!

Sou pobre mas ainda bem agradecido! É de Família,não se pode fazer nada... lol

publicado por grandesofa às 22:37

Fevereiro 12 2008

O amor de alguém é um presente tão inesperado e tão pouco merecido que devemos espantar-nos que não no-lo retirem mais cedo. Não estou inquieto por aqueles que ainda não conheces, ao encontro de quem vais e que porventura te esperam: aquele que eles vão conhecer será diferente daquele que eu julguei conhecer e creio amar. Não se possui ninguém (mesmo os que pecam não o conseguem) e, sendo a arte a única forma de posse verdadeira, o que importa é recriar um ser e não prendê-lo. Gherardo, não te enganes sobre as minha lágrimas: vale mais que os que amamos partam quando ainda conseguimos chorá-los. Se ficasses, talvez a tua presença, ao sobrepor-se-lhe, enfraquecesse a imagem que me importa conservar dela. Tal como as tuas vestes não são mais que o invólucro do teu corpo, assim tu também não és mais para mim do que o invólucro de um outro que extraí de ti e que te vai sobreviver. Gherardo, tu és agora mais belo que tu mesmo.
Só se possuem eternamente os amigos de quem nos separamos.

Marguerite Yourcenar, in "Sistina"

 

.

publicado por grandesofa às 22:40

Fevereiro 11 2008
publicado por grandesofa às 00:00

Fevereiro 09 2008

 

Aeroporto Internacional,
do Recife, Pernambuco, Brasil.

FacciLiiiiiiinho!!!!!! lolol


publicado por grandesofa às 13:49

Fevereiro 08 2008
  


"Só se conhece às coisas que cativam. Os homens já não tem tempo para conhecer nada. Se queres um amigo cativa-me."

"O essencial é invisível para os olhos. Só

 se vê bem com o coração."

" Foi o tempo que tu perdeste com a tua rosa que tornou a tua rosa tão importante."

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas." 

 




 
publicado por grandesofa às 00:55

pesquisar
 
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
16

17
18
19
20
21
22

25
26
27
29


Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
16

17
18
19
20
21
22

25
26
27
29


blogs SAPO