Novembro 30 2007

Já escondi um amor com medo de perdê-lo, Já perdi um amor por escondê-lo...

Já segurei nas mãos de alguém por estar com medo, Já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.

Já expulsei pessoas que amava de minha vida, Já me arrependi por isso... Já passei noites chorando até pegar no sono, Já fui dormir tão feliz, Ao ponto de nem conseguir fechar os olhos...

Já acreditei em amores perfeitos, Já descobri que eles não existem... Já amei pessoas que me decepcionaram, Já decepcionei pessoas que me amaram...

Já passei horas em frente do espelho Tentando descobrir quem sou, Já tive tanta certeza de mim, Ao ponto de querer sumir...

Já menti e me arrependi depois, Já falei a verdade E também me arrependi... Já fingi não dar importância a pessoas que amava, Para mais tarde chorar quieto em meu canto...

Já sorri chorando lágrimas de tristeza, Já chorei de tanto rir... Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, Já deixei de acreditar nas que realmente valiam... Já tive crises de riso quando não podia...

 

 Já senti muita falta de alguém, Mas nunca lhe disse... Já gritei quando deveria calar, Já calei quando deveria gritar...

Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, Outras vezes falei o que não pensava para magoar outros... Já fingi ser o que não sou para agradar uns, Já fingi ser o que não sou para desagradar outros...

Já contei piadas e mais piadas sem graça, Apenas para ver um amigo mais feliz... Já inventei histórias de final feliz Para dar esperança a quem precisava... Já sonhei demais, Ao ponto de confundir com a realidade...

Já tive medo do escuro, Hoje no escuro \"me acho..me agacho..fico ali\"... Já caí inúmeras vezes Achando que não iria me reerguer, Já me reergui inúmeras vezes Achando que não cairia mais...

Já liguei para quem não queria Apenas para não ligar para quem realmente queria... Já corri atrás de um carro, Por ele levar alguém que eu amava embora.

 Já chamei pessoas próximas de \"amigo\" E descobri que não eram; Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada E sempre foram e serão especiais para mim...

 

Não me dêem fórmulas certas, Porque eu não espero acertar sempre... Não me mostre o que esperam de mim, Porque vou seguir meu coração!... Não me façam ser o que eu não sou, Não me convidem a ser igual, Porque sinceramente sou diferente!...

Não sei amar pela metade, Não sei viver de mentiras, Não sei voar com os pés no chão... Sou sempre eu mesmo, Mas com certeza não serei o mesmo para sempre.

publicado por grandesofa às 14:38

Novembro 24 2007
publicado por grandesofa às 13:10

Novembro 19 2007

O amor é basicamente do coração, mas todos nós temos tentado desviar-se do coração, porque ele não é lógico, não é racional.

O coração não tem lógica, mas tem sensibilidade, perceptividade.

E se a questão de escolha entre a mente e o coração se levanta, dê razão ao coração, porque a mente é uma criação nossa e está sujeita a erros.

Se você ama uma pessoa, então você não interfere na privacidade dela. Você deixa intocada a privacidade dela.

A exigência básica do amor é: “Eu aceito a outra pessoa como ela é”. O amor nunca tenta mudar a pessoa em função da gente.

Você não tenta moldar a pessoa e deixá-la do seu jeito - o que tem sido feito em todos os lugares do mundo…

Se você ama a pessoa, não existem condições. Se você não ama, quem é você para impor condições?

O ciúme é algo feio que está por trás desta coisa linda que é o amor. Se apesar do ciúme o amor ainda permanece, então você tem algo valioso em sua vida, que vale a pena.

Por que ser possessivo? A possessividade mostra simplesmente uma coisa - que você não consegue confiar.

A confiança é certamente um valor mais alto e importante no amor.

O amor é lindo quando acompanhado de confiança, porque o amor não pode existir sem a confiança.

Estarem juntos é um aprendizado enorme - em perdoar, em esquecer, em compreender que o outro é tão humano quanto você.

OSHO


publicado por grandesofa às 00:06

Novembro 18 2007
publicado por grandesofa às 01:16

Novembro 17 2007

Com o tempo, você vai percebendo que
para ser feliz com uma outra pessoa,
você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele (a) cara que você ama (ou acha que ama)
e que não quer nada com você,
definitivamente, não é o homem (a mulher) da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e,
principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas…
é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar,
não quem você estava procurando,
mas quem estava procurando por você!”

Mário Quintana

 

 

 

 

 

 

 

"O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o príncipio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida"
Pessoa, Fernando

 

"Ama-se mais o que se conquista com esforço"
Disraeli, Benjamin

 


publicado por grandesofa às 00:36

Novembro 13 2007

 

Um mestre oriental viu que um escorpião estava se afogando, e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou.

Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando.

O mestre tentou tirá-lo, e novamente o animal o picou.

Alguém que estava observando aproximou-se do mestre e disse: “Desculpe-me mas você é teimoso!

Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?”

O mestre respondeu: “Ele age de acordo com a sua natureza, a natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha natureza, que é ajudar”.

Então, com a ajuda de uma folha o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida.

“Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções.”
Alguns perseguem a felicidade, outros a criam…

“Quando a vida te apresentar mil razões para chorar, mostre-lhe que tens mil e uma razões pelas quais sorrir.”

Pense nisso!!!

Há duas formas de viver a vida:

Uma é que você não pode mudar a Natureza de ninguém.
E a outra é que nada pode mudar a sua Natureza.

publicado por grandesofa às 13:13

Novembro 11 2007
publicado por grandesofa às 00:48

Novembro 01 2007

                    "O amor é a capacidade de perceber o semelhante no dessemelhante"
Adorno, Theodore

"A certeza de ser amado dá robustez a um espírito tímido, tornando-o natural"
Maurois, André

 



  Image Hosting by Picoodle.com   

 

 

"É preciso viver o sonho e a certeza que tudo vai mudar. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de razão. O  importante é aproveitar o momento e aprender a sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver".

 

JellyMuffin.com - The place for profile layouts, flash generators, glitter graphics, backgrounds and codes

Em nome de toda a equipa do grande sofá desejamos um grande aniversário a ti Maurício,não é todos os dias que se nasce num dia de todos os santos,inevitável não o seres hehehhe :)


publicado por grandesofa às 05:20

Image Hosting by Picoodle.com
pesquisar
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
15
16

20
21
22
23

25
26
27
28
29


Image Hosting by Picoodle.com
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
15
16

20
21
22
23

25
26
27
28
29


blogs SAPO