Junho 30 2007

 

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substiui a outra! Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso."

Charles Chaplin

publicado por grandesofa às 00:49

Junho 29 2007

Porto santo, além do tempo nao estar ainda la muito famoso, este local é sempre um paraíso seja lá para o que for. E porque faz todo o sentido este texto copiei o mesmo de um blog qualquer por aí lol  ;)

 

"Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o alguém da sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!"

Mário Quintana

publicado por grandesofa às 10:44

Junho 28 2007
 

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome...Auto-estima.


Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.


Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.


Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.


Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.


Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.


Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.


Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é...Plenitude.


Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!

 

Charles Chaplin

publicado por grandesofa às 18:00

Junho 26 2007

 

 Férias é quando o homem Quer !!! lol

 

publicado por grandesofa às 00:00

Junho 24 2007

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
“quebrei a cara muitas vezes”!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é “muito” pra ser insignificante."

Charles Chaplin

publicado por grandesofa às 00:24

Junho 23 2007

 

 

publicado por grandesofa às 00:04

Junho 20 2007

 

 

publicado por grandesofa às 01:18

Junho 18 2007

Só quem se Ama pode encontrar em sua Vida um Amor de Verdade.

publicado por grandesofa às 00:15

Junho 17 2007

Não consegues esconder
O quanto gostas de mim
Eu que finjo não ver
Porque a vida me fez assim
Gosto de me sentir amado
Mas não sei retribuir
Tenho o meu amor encurralado
Com medo de o dividir
Ao que dizes fico mudo
Faço disso minha estrada
Tenho sempre receio de dar tudo
Em troca receber nada
Quando encontro o que desejo
Fujo sempre sem parar
E querer aquilo que vejo
E ter medo de o agarrar
Não deixes de dar
Esse amor faz-me viver
Ainda um dia hei-de amar
Sem medo de perder
Desafiei a Vida
Que fez de mim túmulo da solidão
Principiei uma corrida
Pelas ruas do meu coracão

 

Tomás Dias

publicado por grandesofa às 01:54

Junho 16 2007
publicado por grandesofa às 12:55

Junho 16 2007

Existe no silêncio uma tão profunda sabedoria que as vezes ele se transforma na mais perfeita das respostas!  (Fernado Pessoa)

publicado por grandesofa às 00:04

Junho 14 2007

 

O olhar que se perde no horizonte, o aroma de um beijo que sabe a sal e a café... A ausência que se transforma em pensamento e a saudade do que não é... Assim é feito o mundo de quem sonha e sabe partilhar a beleza de um momento... Instante que se defina nas ondas do mar e que trás á alma todo o teu bem querer...

 

publicado por grandesofa às 16:33

Junho 13 2007

Por que nascemos para amar, se vamos morrer?
Por que morrer, se amamos?
Por que falta sentido
ao sentido de viver, amar, morrer?

publicado por grandesofa às 01:14

Junho 12 2007
 

Quando se ama alguém, temos sempre tempo para essa pessoa.

E se ela nao vem ter connosco,nós esperamos.

O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar...

A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar.

O amor na espera ensina-nos a ver o futuro,a desejá-lo,a organizar tudo para que ele seja possível.

É mais facil esperar do que desistir.É mais fácil sonhar de que perder.

E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver...

 

i.g.

publicado por grandesofa às 22:00

Junho 11 2007
 

 Viver não dói...
Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.


Por que sofremos tanto por amor?

 

O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido
uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso
e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz.


Sofremos por que?

 

Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado
e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas,
por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido
ao lado do nosso amor e não conhecemos,
por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,
por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos
de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

 

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante
e pagam pouco, mas por todas as horas livres
que deixamos de ter para ir ao cinema,
para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

 

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras
nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e
nunca chegamos a experimentar.

 


Como aliviar a dor do que não foi vivido?

 


A resposta é simples como um verso:
Se iludindo menos e vivendo mais!!!


A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoista que nada arrisca, e que,
esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional.

Image Hosted by ImageShack.us  Carlos Drummond de Andrade
publicado por grandesofa às 00:10

Junho 10 2007

 Quanto maior a frustração,maior a dependência.

É impossível partir quando se tem fome de afecto.

publicado por grandesofa às 02:24

Junho 10 2007

 

Presidente da República agracia Maria Aurora com o grau de Comendadora da Ordem do Infante D. Henrique

 

Maria Aurora chegou à Madeira em 1974, tendo, desde então, desempenhado um papel cultural que a levou a ser conhecida além fonteiras, nomeadamente pelo seu programa televisivo “Atlântida”, que tanto promove a Região.
Ao nível interno participou em vários programas de rádio e televisão, foi conhecida pelas suas crónicas, publicou 15 livros, colaborou na organização da Feira do Livro do Funchal e desempenha actualmente um papel na área cultural da Câmara Municipal do Funchal. 
De seu nome Aurora Augusta Figueiredo de Carvalho Homem, confessou que teve, «inicialmente, uma sensação de grande surpresa», pois não estava à espera de ser agraciada.

 

«Acho que estas coisas, normalmente, só acontecem depois das pessoas morrerem, mas, como a qualquer ser humano, sabe bem quando as pessoas, de qualquer maneira, tentam reconhecer o trabalho feito».

 


Maria Aurora diz sentir-se «muito grata pela distinção» e o seu principal agradecimento vai para o Povo madeirense, «que me ajudou a crescer e com o qual passei a parte principal da minha vida, que me obrigou a trabalhar e a dar um bocado de mim». Razões que a levam a dizer que «este trabalho não foi feito isoladamente, mas com muitas pessoas que comigo trabalharam ao longo de vários anos».
«a coroar uma carreira, sabe sempre bem um galardão deste tipo».


publicado por grandesofa às 01:24

Junho 09 2007
publicado por grandesofa às 20:13

Junho 05 2007

Os convidados de hoje no Sofá são Lenine e Vanessa da Mata,uma música que tem uma letra magnifica e muito significativa e numa interpretação que para mim é a das melhores que já vi!Uma "viagem" à boleia das novas coordenadas rítmicas.

 

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência

O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência

Será que é o tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para(a vida não para não)

Será que é tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para(a vida não para não...a vida nãopara)

publicado por grandesofa às 13:00

Junho 03 2007
Trago os olhos humidos de felicidade
Vivo com a alegria de poder olhar a vontade
Olho para os que me olham e nao me veem
Olho para os que me veem e nao me olham
Olho ate para os que me ignoram...
Com o meu olhar consigo ver o que nao vejo
No meu olhar nasce,cresce e morre o meu desejo
Quando olho a minha volta
Sinto vida no meu olhar...
Quando olho o infinito
Vejo o que os meus olhos nao conseguem alcancar
Nao e santo o que cre
E santo o que nao consegue nao o ser
Nao e cego quem nao ve
E cego quem nao quer ver!...

Tomas Dias
publicado por grandesofa às 14:50

Image Hosting by Picoodle.com
pesquisar
 
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

19
21
22

25
27


Image Hosting by Picoodle.com
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

19
21
22

25
27


blogs SAPO